Faleceu Dr. Paulo de Souza Pacheco, compositor do hino oficial do município e autor do Livro “Rio do Peixe Branco” – História de Pirapetinga

Prefeito diz para COPASA que contrato feito ao apagar das luzes de um mandato é prejudicial ao povo
5 de maio de 2017
Mostrar tudo

Faleceu Dr. Paulo de Souza Pacheco, compositor do hino oficial do município e autor do Livro “Rio do Peixe Branco” – História de Pirapetinga

Membro da academia Maçônica de Letras de Juiz de Fora, Minas Gerais, o advogado, poeta, escritor e músico Pirapetinguense, Dr. Paulo de Souza Pacheco, faleceu neste domingo, 14 de Maio. Seu falecimento é uma grande perda para a cultura de Pirapetinga, pois desde sua adolescência manifestou vocação para a poesia. Como músico, compôs “Saudando Pirapetinga”, que veio a se tornar, por decreto, o hino oficial do município.

No campo literário despontou escrevendo crônicas para o jornal “O Momento”  – de Além Paraíba, e posteriormente, na preocupação de preservar a história de nossa terra, escreveu o livro “Rio do Peixe Branco” – História de Pirapetinga.

“Devaneios” foi sua segunda obra, atestando a sua verve poética, trazendo temas muitos deles  retratando a vida da comunidade pirapetinguense no passado, ressaltando-se por oportunidade a participação do mesmo na Antologia do Advogado Poeta produzida pela OAB – RJ no ano de 1986, com honrosa participação na noite de autógrafos realizada na Associação Atlética do Banco do Brasil, no Rio de Janeiro – RJ .

No romantismo surgiu “Santa Rita da Serra dos Remédios”, e mais recentemente a obra instituidora de “adágios” como ele prefere mencionar.

É mais de que conhecida a sua atuação como autor em jornais da região inclusive em “O Pirapetinguense”, órgão da oficial do município de Pirapetinga à época e cuja brilhante atuação o credenciou para ter seu trabalho sobre o Vale do Paraíba, publicado em seminário veiculado na cidade de Guaratinguetá, no estado de São Paulo.

Dr. Paulo de Souza Pacheco, de carne e osso, já não está mais entre nós, mas a sua obra permanecerá viva para a comunidade Pirapetinguense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *